Campanha Nacional dos Orgânicos 2018 tem programação especial

Entre os dias 12 e 23 de setembro, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB) vai promover uma série de atividades para marcar as comemorações da “Campanha Nacional – Produtos Orgânicos. (Foto: Suziane Fonseca)

Entre os dias 12 e 23 de setembro, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB) vai promover uma série de atividades para marcar as comemorações da “Campanha Nacional – Produtos Orgânicos: Melhor para a vida!”. Com o tema Orgânico é Saúde, o objetivo do evento é promover a conscientização sobre a importância de se ter uma boa alimentação para a saúde e destacar a relação direta disso com a produção orgânica.

Com uma programação variada para atender funcionários, grupos escolares e visitantes em geral, a Fundação programou palestras com profissionais de universidades e outros órgãos do estado sobre temas como: nutrição, vida saudável, os riscos dos agrotóxicos e a produção orgânica. Também estão previstas visitas guiadas ao Jardim Botânico para apresentar o Canteiro de Plantas Alimentícias, implantado especialmente para esse evento.

A programação traz ainda uma dinâmica em que os participantes tentam associar os alimentos industrializados consumidos no dia a dia com as plantas que forneceram a matéria-prima para a produção desses produtos, sessão de vídeo e exposição temática, além da Oficina de Plantar, uma prática oferecida aos grupos previamente agendados.

Para a bióloga da Gerência de Educação Ambiental da FPMZB, Gislaine Xavier o evento incentiva a cultura da produção orgânica dentro da instituição. “Há oito anos as equipes do Jardim Botânico e da Educação Ambiental promovem ações com a intenção de chamar a atenção do público para as práticas de cultivo orgânico e sustentável. O evento procura mostrar também a importância do consumo do alimento orgânico para a saúde individual e da família e ainda busca conscientizar as pessoas para os danos causados ao meio ambiente (ar, água, animais, solo), em decorrência do uso excessivo de agrotóxicos”, destaca.

Já a bióloga do Jardim Botânico da FPMZB Maria Guadalupe Fernandes, destaca a relevância do tema. “Queremos informar ao nosso público as propriedades nutricionais e sensoriais do alimento orgânico contrapondo aos malefícios provocados à saúde pela ingestão de alimentos contaminados por agrotóxicos e cultivados à força dos adubos químicos”, frisou. Para Gaudalupe, o espírito da campanha em 2018 é mostrar que a saúde do cidadão está vinculada ao cuidado que ele tem com sua alimentação e que a decisão ou opção por uma alimentação saudável é um ato político que repercute em toda a cadeia de produção afetando inclusive o meio ambiente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here