Suspeito de ordenar queima de ônibus em Venda Nova é preso em megaoperação

Drogas e uma pistola 765 foram apreendidas pela PM / Foto: Divulgação PMMG

Um homem apontado como mandante da queima de ônibus na região de Venda Nova foi preso nesta quarta-feira (27) na Vila Mãe dos Pobres, em Venda Nova. De acordo com a Polícia Militar (PM), ele teria ordenado os ataques a dois veículos nesta terça. Por conta dos atos, os usuários do transporte coletivo ficaram sem o serviço durante a madrugada de hoje.

O suspeito, de 33 anos, seria chefe do tráfico na região. Segundo o comandante do 49º Batalhão, tenente-coronel Walmir Fagundes, o rapaz nega a participação nos crimes. Porém, o policial disse que há provas de envolvimento dele nos casos.

O primeiro coletivo a ser queimado foi às 9h desta terça-feira, na rua Cônego Trindade, no Piratininga. Ao menos sete homens teriam abordado o ônibus da linha 640. O motorista conseguiu sair do veículo antes de as chamas se alastrarem.

À noite, um outro caso foi registrado no Céu Azul. Não houve feridos.

Paralisação
Após a segunda ocorrência, algumas empresas decidiram recolher os carros para as garagens, deixando passageiros sem o transporte nas estações Pampulha, Venda Nova e Vilarinho.

De acordo com o sindicato que representa as concessionárias que prestam o serviço na capital, a paralisação foi em decorrência de ameaças de novos ataques.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here