Lagoa do Nado vira refúgio para os moradores do Vetor Norte de Belo Horizonte

A garotinha Thaynara Lavorato Rios, de 1 ano e 6 meses, é muito risonha e faz charminho para tirar fotos. A mãe, Zenice Ribeiro, conta que sua filhinha é uma frequentadora assídua do Parque Lagoa do Nado. “A Thaynara frequenta este parque desde que era bebê. E agora vem aqui para ver o primo Arthur competir.” Ela se refere ao adolescente Arthur Lucas Marinho, 13 anos, que é skatista e vem ao Parque para treinar na pista de skate e participar de competições neste esporte.

Estudantes, famílias e esportistas são alguns dos frequentadores do Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado. Localizado na região norte de Belo Horizonte, entre os bairros Planalto e Itapoã, o Parque foi implantado em 1994 em uma área de aproximadamente 311 mil metros quadrados. Por sua extensão e diversidade da flora e fauna silvestres, pode ser considerado como um dos cartões postais da capital mineira.

O local possui uma mata significativa, com espécies típicas do Cerrado como marmelada de cachorro, pequizeiros, ingá, araçá, gabiroba, jatobá e quaresmeira, além de exemplares de murici, jacarandá, açoita-cavalo, assa-peixe, fedegoso, barbatimão, erva de bicho, alface d’água, dracena, pau d’óleo e cipó de São João. Essa vegetação variada serve de abrigo e alimento para animais silvestres como esquilos, micos, jacus, tiús, entre outros. Além disso uma  lagoa com 22 mil metros quadrados de espelho d’água, circundada por uma mata ciliar, é o habitat de uma rica fauna aquática, formada pelo represamento de oito nascentes, catalogadas e monitoradas pelo Projeto Nascentes do Onça.

A entrada no Parque é gratuita e liberada para qualquer pessoa. No entanto, de acordo com a Portaria 23/2013, fundamentada no artigo 31 da Lei  9.958 de 18 de julho de 2000, animais domésticos não podem entrar nos parques. “É uma forma de garantir a preservação da fauna silvestre que habita estes espaços e também de evitar que os animais domésticos se contaminem com alguma doença”, explicou o gerente de parques de Venda Nova, Norte e Lagoa do Nado, Fabio Silveira da Cruz.

Lazer para a família

O dia a dia do parque é bem movimentado. Há pessoas utilizando a pista de caminhada, os equipamentos de ginástica, as quadras e as áreas verdes. Há também os grupos que vêm somente para descansar e curtir alguns momentos junto à natureza.

As irmãs Débora Santos Oliveira e Jaqueline Santos moram no bairro Sagrada Família e frequentam o Parque Mangabeiras, mas vieram trazer os filhos e sobrinhos para conhecerem o Parque Lagoa do Nado. “Queríamos aproveitar o último dia de férias. Pesquisei na internet e vi que esta seria uma boa opção para trazer as crianças.”

Outro grupo formado por 6 adultos e 13 crianças, todos da família Quelotti, chegou ao Parque muito animado. Luana Cristina Quelotti contou que sempre organiza algum passeio divertido para as crianças aproveitarem o final das férias. “Já fomos a outros parques, ao zoológico. Aqui as crianças interagem mais, não ficam tanto tempo no celular, descobrem coisas novas e usam mais a cabeça para se divertirem.” As primas Alice (7 anos), Maria Eduarda (10) e Ana Clara (10) acham muito legal passarem a tarde no parque. “A gente descobre coisas diferentes, brinca, explora. Achei muito legal as esculturas entalhadas nos troncos de árvores”, disse Alice Quelotti.

A pista de skate é muito procurada para a prática deste esporte. Skatista há 4 anos, Paulo Henrique Pereira dos Santos, 18 anos, mora no bairro Barro Preto, mas gosta praticar o skate na pista do Parque Lagoa do Nado. “Venho de vez em quando. É bom voltar aqui e ver que o local está bem cuidado.”

Wânia Aparecida Santos, moradora do bairro Planalto, veio com a turma de amigos para se divertir, fazer piquenique, caminhar e descansar. Entre eles, Nilva Lucas Marinho que sempre traz o filho Arthur para treinar na pista de skate. “Aqui é tudo de bom. É maravilhoso ter tão perto da gente um espaço como este.” Para Zenice Ribeiro, mãe da Thaynara, o contato com a natureza faz bem para a saúde. “É importante deixar as crianças se divertirem, convivendo com o verde”, disse.

Infraestrutura

Com uma infraestrutura composta por teatro de bolso, teatro de arena, quadras poliesportivas, campo de futebol, pista para caminhadas, pista de skate nos estilos “bowl”, “banks” e “borda de street”, playground, biblioteca e sala multimeios, o parque é uma ótima opção para a realização de eventos e atividades de educação ambiental, esporte e cultura. Um viveiro de mudas garante a utilização de várias espécies para manutenção e reposição dos canteiros do parque.

A infraestrutura esportiva do Lagoa do Nado conta com uma quadra de futebol e vôlei, uma de tênis e quatro de peteca, além de um campo de futebol que pode ser utilizado sem agendamento prévio. O espaço conta com uma pista de skate que é mantida pela Fundação de Parques Municipais com a colaboração dos próprios skatistas de Belo Horizonte.

O Centro de Referência da Cultura Popular é um espaço dentro do parque que merece destaque. O Centro oferece programação diversificada, por meio dos projetos de formação e capacitação em várias áreas artísticas, difusão cultural, memória e valorização das identidades culturais.

O parque também abriga a sede do 46º Grupo de Escoteiro GELAN (Grupo Escoteiro Lagoa do Nado), que se reúne aos sábados, a partir das 13h. Recentemente foi construída a pista de acessibilidade que vai da Estação MOVE-Lagoa do Nado, com entrada pela avenida Pedro I, até o complexo esportivo.

O gerente Fábio Silveira explica que o cuidado com as áreas verdes da cidade é fundamental para garantir a saúde e o bem-estar da população belo-horizontina. “Temos aqui um trabalho de preservação da fauna silvestre e da flora remanescentes do nosso ecossistema. Queremos que as pessoas se apropriem desse espaço, entendendo que os parques municipais são um patrimônio de BH. Por isso é importante conhecer e preservar.”

O Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado fica localizado na rua Desembargador Lincoln Prates, 240, bairro Itapoã  e o horário de funcionamento é de 3ª a domingo, das 8h às 18h.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here