Mãe que asfixiou bebê, no Ribeiro de Abreu, será julgada nesta segunda-feira

Mãe será julgada pelo 1º Tribunal do Júri de Belo Horizonte / Foto: Renata Mendes / Divulgação TJMG

Uma mulher de 24 anos será julgada nesta segunda-feira (23) acusada de ter matado a própria filha no bairro Ribeiro de Abreu, região Norte de Belo Horizonte, em janeiro de 2016. A vítima tinha apenas nove meses.

De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP), o choro da bebê foi o motivo alegado pela mãe para asfixiá-la. A jovem teria tapado a boca e o nariz da criança com a mão.

Na delegacia, a acusada chegou a alegar que a filha havia sufocado com o leite, mas depois confessou que ela mesma tinha agredido a menina porque ela não parava de chorar mesmo após ter se alimentado.

O julgamento, no 1º Tribunal do Júri, está previsto para começar às 13h15. Se condenada, a mulher poderá pegar de 12 a 30 anos de prisão por homicídio, por motivo torpe, recurso que dificultou a defesa da vítima, meio cruel e ainda por ter sido cometido contra parente consanguíneo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here