Moradores da Vila São João Batista comemoram retomada de obra

“O importante é acreditar e nunca perder a esperança, porque um dia o sonho pode se realizar”. É dessa forma que Maria Conceição Reis, moradora e liderança da Vila São João Batista, região de Venda Nova, demonstra a alegria de ver de perto a retomada da urbanização do beco Oscarlina Menezes Guilherme e a construção de unidades habitacionais para entregar aos beneficiários no próximo ano. A obra é uma conquista da comunidade, por meio do Orçamento Participativo 2008/2009.

Segundo o engenheiro Marco Antônio Gomes, coordenador Urbanístico e Ambiental das intervenções da Urbel na regional Venda Nova, a obra inclui abertura da rua, pavimentação, implantação de redes de drenagem e esgoto, iluminação pública e uma pracinha ao lado das unidades habitacionais. “Chegamos a executar 70 metros da via e entregamos 16 apartamentos em 2016, mas a obra foi paralisada porque a empresa contratada quebrou. Agora vamos concluir os 50 metros restantes da via e já estamos construindo as oito unidades habitacionais que faltam para a conclusão de todo o empreendimento”, disse.

Além de infraestrutura básica para o local, as intervenções vão proporcionar mais qualidade de vida para os moradores, com habitação digna, facilidade de acesso para veículos e pedestres, segurança pública e serviços como coleta de lixo. Para a realização do empreendimento, foi necessário remover 32 famílias que viviam em condições precárias ao longo do beco, sendo que 12 optaram pela indenização e as outras 20 pelas unidades habitacionais. Dezesseis famílias já ocupam a edificação concluída e quatro estão utilizando o Bolsa Moradia à espera dos novos apartamentos. Outras quatro unidades habitacionais serão destinadas a famílias provindas de outras regiões.

Quase todo dia o aposentado João dos Reis acompanha o andamento das obras para se distrair e relembrar da época em que trabalhou na construção civil. Apesar de ter sido um dos primeiros moradores do beco reassentados no prédio finalizado, ele não vê a hora de tudo ficar pronto. “Meu sobrinho vai mudar pra um desses apartamentos que estão começando aqui e vai ficar satisfeito. A gente vivia apertado, sem asfalto, sem luz, sem esgoto. Agora está tudo amplo e muito melhor, mas nem acabou ainda”, completou.

Felipe Martins é um dos vizinhos de João dos Reis e, assim como ele, aprova o empreendimento e a nova moradia. Ele vive com a mulher e o filho pequeno e conta que todos gostam do prédio e também do ambiente que foram construindo ao longo do tempo. “A convivência aqui é nota dez e meu menino adora esse lugar. Aqui só tem familiares e amigos, o que favorece uma boa organização do condomínio. Tentamos seguir todas as regras ao máximo pra que tudo corra sempre bem. E com a obra pronta vai ficar ótimo. Acho que quem optou pela indenização deve estar bastante arrependido”, avaliou o morador.

1 COMENTÁRIO

  1. Chic no último!
    Melhor agora com dois predinhos arrumadinhos.
    O pessoal merece!
    Agora quero ver a obra de revitalização do córrego Lareira pronta.
    Vai ser uma maravilha!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here