Obras geram novas vagas na educação infantil em Venda Nova

Abertura de turmas de Educação Infantil em escolas de Ensino Fundamental com a criação de 1.200 vagas para crianças de 3, 4 e 5 anos nessas instituições. Esse foi um dos resultados positivos das intervenções realizadas nas escolas e creches conveniadas da regional Venda Nova pelo Plano de Obras da Educação. As unidades escolares da região receberam mais de R$ 8 milhões em investimentos para obras de reforma e ampliação.

Em 2018, foram reformadas oito creches, 30 Escolas Municipais de Ensino Fundamental e sete de Educação Infantil. Um exemplo é a reforma na Creche Arco-Íris, no bairro Jardim Leblon, com investimentos no valor de R$ 468.464,23. A tradicional Escola Municipal Professor Pedro Guerra, localizada no bairro Mantiqueira, também recebeu investimentos de R$ 186 mil, com adaptações que possibilitaram a criação de mais de 200 vagas para crianças de 3 a 6 anos.

De acordo com a diretora de Educação da Coordenadoria de Atendimento Regional Venda Nova, Valéria Inácio Chagas, a expansão garantiu a universalização de atendimento às crianças de 3 a 5 anos. “Os investimentos realizados na rede própria e conveniada foram importantíssimos”, considera.

Creche Arco-Íris

A Creche Arco-Íris é conveniada com a Prefeitura desde 2009. Atualmente, atende 157 crianças de 1 a 5 anos de idade. A obra de reforma e ampliação teve início no ano passado e está prevista para terminar em novembro. Com a intervenção, a expectativa é que ela passe a atender mais de 200 crianças.

As obras realizadas no local incluem reforço da laje, instalação elétrica nas novas salas, pavimentação do pátio e canalização de gás. Estão em construção seis salas de aula (atualmente o local conta com oito salas), um vestiário para os funcionários, além da ampliação da cozinha e da construção de dois pátios de recreação.

Além de ofertar mais vagas e tornar o local seguro e aconchegante para as crianças, outro objetivo da ampliação, como salienta a presidente da creche, Márcia Cabral Valente Tanure, é construir um berçário, o que vai ajudar as mães que precisam trabalhar após o período de licença-maternidade.

Os pais estão muito satisfeitos com as intervenções que estão deixando a creche mais confortável e segura. Alessandra Mendes de Souza, mãe da Alice Mendes, dois anos, conta que mora na rua onde está localizada a instituição e acompanhou o seu desenvolvimento desde o início. “A creche Arco-Íris é uma referência aqui na região. As crianças saem alfabetizadas, como meu sobrinho, que com quatro anos já esta começando a ler”, diz.

Ampliação de vagas

Ao completar 37 anos de existência, a Escola Municipal Professor Pedro Guerra está ganhando condições de abrir novas turmas. Um bloco inteiro foi reformado, com a criação de seis salas de aula e a instalação de um espaço lúdico. Agora, a escola recebe alunos da Educação Infantil ao 9º ano do Ensino Fundamental e também Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Mais de 200 crianças de 3 a 6 anos estão sendo atendidas no anexo do prédio principal, que teve as salas de aulas readequadas para receber os pequenos. O bloco possui entrada própria, na mesma rua da entrada principal da escola.

Logo que entram, as crianças chegam em um espaço totalmente colorido, com brinquedos infantis e mobiliário adequado, de forma a atender e agradar às crianças de 3 a 6 anos. A diretora Walkiria Vivecananda de Oliveira conta que a comunidade está muito satisfeita com a novidade. “Nós, que já abrigávamos os ciclos da adolescência e da juventude, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA), ganhamos a alegria e o colorido da infância. A avaliação das famílias é muito positiva em relação ao nosso trabalho”, afirma.

O espaço da Educação Infantil conta com seis salas de aula, sala de professores, sala de coordenação pedagógica e um refeitório. São atendidos 225 alunos, distribuídos em 11 turmas, uma das quais de tempo integral. A equipe de funcionários da Educação Infantil conta com 20 professoras, uma coordenadora pedagógica e dois auxiliares de apoio à inclusão.

Reconhecimento da comunidade

A satisfação e o encantamento com o novo espaço ficam estampados no rosto dos pais e das crianças. Dayane Estefanie, mãe da aluna Maria Luiza, de três anos, agradece a dedicação e o amor dos profissionais para com sua filha. “As crianças têm sido bem acolhidas e instruídas. E isso é muito importante para os pais que querem seus filhos em um mundo melhor, em que a educação e o respeito sejam o princípio de tudo”, avalia Dayane.

Davdson de Abreu, pai da aluna Rayssa Passos de Abreu Brito, cinco anos, é ex-aluno da Pedro Guerra e considera importante que a escola ofereça do ensino infantil ao fundamental. “Eu moro aqui no bairro e, na minha adolescência, estudei aqui. Eu considero a escola Pedro Guerra uma das melhores escolas que conheço”, considera.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here