Prefeitura define medidas de combate ao uso do cerol e linha chilena

Foto: Amira Hissa/PBH

As medidas de combate ao uso do cerol e linhas chilenas foram tema de uma reunião intersetorial realizada na manhã desta quinta-feira, dia 28/6, na sede da Prefeitura de Belo Horizonte, com a participação de órgãos municipais, estaduais e representantes da sociedade civil.

A reunião contou com a presença dos secretários de Segurança e Prevenção, Genilson Zeferino, de Saúde, Jackson Machado, do presidente da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, Sérgio Augusto Domingues, do secretário adjunto de Fiscalização, José Mauro, além de representantes da Guarda Municipal, da BHTrans, do Ministério Público, da Polícia Militar de Minas Gerais, dos Correios, da Cemig, da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH) e da presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, Alessandra Mello. O objetivo do encontro foi estabelecer estratégias conjuntas de ação para combater e prevenir acidentes decorrentes do uso dessas linhas.

O uso mais frequente do cerol e da linha chilena ocorre principalmente na temporada de férias, entre junho e agosto. Na reunião ficou definido que serão reforçadas as ações já em andamento, como as orientações repassadas aos estudantes da educação infantil e do ensino fundamental, as abordagens no trânsito, especialmente aos motociclistas, e campanhas publicitárias.

Novas medidas, que foram sugeridas e debatidas no encontro, serão encaminhadas e iniciadas em breve, assim como outras reuniões e a inclusão de parceiros que possam contribuir com o enfrentamento da situação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here